Blog

Como parar o ato de procrastinar?

Não é uma tarefa fácil abandonar o ciclo vicioso, mas com estratégias inteligentes é possível

Você é o tipo de pessoa que quando precisar realizar alguma atividade sempre diz: “Daqui a pouco eu faço!” “Deixa pra depois!” E vai deixando a tarefa de lado?

Se você não faz isso, provavelmente conhece alguém que faça, não é verdade?! À primeira vista muita gente enxerga como preguiça, mas se acontece o tempo todo, na verdade estamos falando de procrastinação. É um problema mais sério do que parece, que atinge a maioria das pessoas, atrapalhando sua rotina e produtividade. Seja no trabalho, na escola ou nas tarefas de casa.

Parece algo inofensivo ou apenas um momento de preguiça, mas é algo que pode estar mascarando um problema mais sério e que se não cuidado da forma correta, muda totalmente a sua vida, e não estou falando de uma mudança positiva. No começo pode parecer impossível parar de procrastinar, mas este problema tem solução!

O que é procrastinação?

O ato de procrastinar nada mais é do que deixar tudo para depois, o hábito de adiar seus compromissos e afazeres, seja algo mais sério, como um compromisso de trabalho, ou algo que não te exija tanto, como a tarefa de limpar a casa, por exemplo. Qualquer coisa que exija o mínimo de esforço você vai deixando para outra hora ou outro dia.

E é uma mistura de sentimentos, porque, ao mesmo tempo, em que você decide adiar tal compromisso, mesmo sabendo que não é o certo, você se sente culpado por estar tomando essa decisão. Com isso a mente tenta se autoconvencer com pensamentos como: “Não tem problema, você pode fazer mais tarde ou outro dia.”Posso realizar outra atividade rapidamente e depois me concentrar no que realmente importa”.

O desafio está em como alimentamos esses pensamentos durante o decorrer das horas, e, quando percebemos, um dia inteiro já passou e o compromisso que deveria ter sido finalizado continua pendente.

Agora, imagine que isso é algo que sempre acontece com você e me responda: Isso tem atrapalhado sua vida, sua rotina? Como anda sua produtividade com tanta procrastinação? Você tem conseguido estudar, trabalhar e realizar suas tarefas com sucesso?

Acredito que não muito bem, não é mesmo?

Calma! Existe solução para a procrastinação!

Existem técnicas que irão te fazer vencer este mal, mas é preciso entender porque está afetando sua vida tão intensamente. O ato de procrastinar pode ter muito a ver com algo que esteja se passando dentro de você, algo interno.

Procrastinação X preguiça

Para entender melhor a procrastinação, é preciso compreender que ela é diferente da preguiça.

Procrastinar: é quando você sabe que tem algo a fazer, mas adia a execução dessa tarefa para outro momento. Na maioria das vezes substitui por alguma outra em prol da sua zona de conforto. Vamos a um exemplo: Você precisa estudar para a prova, mas ao invés de fazer isso, vai limpar a sua casa. Não que limpar a casa seja algo tão prazeroso assim, mas naquele momento, em que você quer “fugir” da responsabilidade dos estudos, limpar a casa se torna maravilhoso.

Preguiça: é puramente a falta de vontade de fazer qualquer coisa, você simplesmente não quer fazer nada.

Percebe que na procrastinação você procura substituições ou outros motivos para se distrair e com o sentimento de preguiça nem isso é feito?

Em resumo, a procrastinação é o ato de adiar tarefas específicas, muitas vezes por razões psicológicas ou emocionais, enquanto a preguiça é uma falta geral de motivação ou disposição para fazer qualquer coisa. Não que a preguiça seja uma coisa boa ou menos ruim que a procrastinação, muito pelo contrário. Também é um ato falho que muitos de nós temos e precisamos vigiar e não deixar que tome conta das nossas vidas.

Procrastinação no trabalho e escola

A procrastinação é uma grande vilã quando falamos de local de trabalho ou ambiente acadêmico. Ela acaba com a produtividade e rendimento de qualquer pessoa. Uma meta que precisa ser cumprida ou um trabalho escolar que possui prazo vão sendo deixados de lado, postergados e quando você vê não concluiu nenhum dos seus afazeres.

Você pode até realizar a tarefa perto da data de entrega estipulada e cumprir o prazo, muitos que procrastinam fazem isso, mas será que é uma boa ideia? Você irá se sentir satisfeito fazendo a atividade muito “em cima da hora” ou de “qualquer jeito?”

Alguns podem até dizer que não se importam, mas ter esse tipo de atitude pode trazer sérias consequências no futuro: acúmulo de tarefas, queda de desempenho, queda de produtividade, dificuldade para bater metas, entre outros problemas. E tudo isso pode levar a uma demissão ou reprovação na escola, ou faculdade.

Outro exemplo que não é muito debatido é a procrastinação nos relacionamentos. Muitas vezes, relações podem se deteriorar ou acabar devido à falta de resolução de questões. As partes envolvidas podem evitar conversas construtivas e adiar a abordagem dos conflitos vividos na relação, levando a um acúmulo de tensões que, eventualmente, pode resultar na necessidade de um afastamento, já que não conseguem mais conviver.

A procrastinação é um comportamento que pode afetar várias áreas da vida, seja no trabalho, nos estudos, nos relacionamentos ou até mesmo em tarefas mais simples sem prazos definidos.

Por que procrastinar é tão ruim?

Parece algo inofensivo deixar as tarefas para depois, afinal elas serão feitas de qualquer forma, não é? E nós não procrastinamos por escolha ou porque é algo bom. Muitas pessoas com este comportamento fazem isso por insegurança, elas fogem da atividade por achar que será cansativa, desafiadora ou desagradável. Isso é o nosso cérebro tentando nos convencer que adiar a função pode ser uma solução, ainda que momentânea.

O grande problema da procrastinação é que ela se torna um ciclo vicioso, você faz uma vez, fala que não acontecerá mais e vai vivendo dessa forma, mesmo sabendo que está agindo errado e que pode se prejudicar depois. Com isso surge a improdutividade, os resultados ruins, a rotina desorganizada até que chega o momento em que todo o seu estilo de vida foi atingido e você não sabe como reverter a situação.

Quem se deixa levar pela procrastinação tem também sua saúde mental e física atingidas pelo processo. O cansaço mental pode aparecer, ansiedade, nervosismo, depressão, por conseguinte: dores de cabeça, alergias, quedas de cabelo, estresse, entre muitas outras doenças, que passam a se desenvolver com uma maior frequência, já que estamos com o sistema imunológico fragilizado. Nossa mente e corpo precisam andar em equilíbrio para se manterem saudáveis e para isso precisamos ter uma rotina controlada e organizada, pois uma coisa afeta a outra, como um efeito dominó.

A procrastinação também traz para a pessoa:

  • Frustração;
  • Desmotivação;
  • Preocupação;
  • Autocondenação;
  • Culpa.

Você pode até tentar ignorar a decisão que tomou ou a tarefa em si com outras distrações, mas ela fica na mente, te lembrando a cada minuto que precisa ser cumprida e é aí que vem o sentimento de culpa e irresponsabilidade. É algo que muitos não conseguem controlar, procrastinação não é sobre gostar de deixar os afazeres para depois, é sobre não saber como lidar com as causas dela, questões internas, medos e bloqueios mal resolvidos.

Entenda as causas da procrastinação

Você já parou para se perguntar por que enrola tanto para realizar suas tarefas? Por mais que não pareça, existem alguns fatores, que não podem passar despercebidos, que levam aos ciclos viciosos da procrastinação.

A insegurança e o medo de não conseguir ter capacidade de realizar a tarefa é um fator importante nessa conduta. Antes mesmo de dar início a atividade, nossa mente nos sabota com pensamentos negativos de que não iremos conseguir realizar a tarefa. Por isso, quanto maior o medo da atividade em si, mais difícil é para começar. Especialmente se não há uma cobrança imediata para realização da mesma.

Porém, existem outros fatores que podem levar uma pessoa a praticar o ato de procrastinar, estão entre eles:

  • Dificuldade de organização;
  • Exaustão emocional;
  • Baixa autoestima;
  • Insegurança;
  • Ansiedade;
  • Medo de falhar;
  • Depressão;
  • Sobrecarga de trabalho.

É importante lembrar que a procrastinação é um comportamento comum e pode ser superada com estratégias eficazes de gerenciamento de tempo, motivação e autoconhecimento. Identificar a causa da procrastinação é o primeiro passo para desenvolver estratégias eficazes para lidar com ela.

Como parar a procrastinação?

Parar de procrastinar pode ser um desafio, mas é possível desenvolver estratégias para superar esse hábito.

Confira algumas dicas que podem te ajudar:

Defina metas claras: Tenha metas específicas e claras para as tarefas que você precisa realizar. Isso ajudará a manter o foco e a motivação.

Crie um plano: Estabeleça um plano detalhado para concluir cada tarefa. Isso inclui definir prazos realistas e criar uma lista de etapas a seguir.

Elimine distrações: Identifique as principais distrações que te tiram do foco e tome medidas para reduzi-las. Você pode desligar as notificações de celular, buscar um local que não lhe provoque distração, entre outras coisas.

Priorize as tarefas: Identifique as tarefas mais importantes e urgentes e trabalhe nelas primeiro, depois vá eliminando as mais fáceis, é uma técnica muito efetiva.

Use a Técnica Pomodoro: Essa técnica envolve trabalhar em uma atividade por um período definido (geralmente 25 minutos) e, em seguida, fazer uma pausa curta. Isso pode ajudar a manter o foco e evitar a procrastinação.

Encontre motivação intrínseca: Descubra por que a tarefa é importante para você pessoalmente. Se conectar emocionalmente com ela pode aumentar a motivação.

Desenvolva o autocontrole: Pratique o autocontrole e a força de vontade. Isso envolve aprender a resistir à tentação de adiar tarefas.

Aprenda com seus erros: Em vez de se culpar por procrastinar, veja os momentos de procrastinação como oportunidades de aprendizado. Identifique o que o levou a procrastinar e ajuste suas estratégias.

Lembre-se de que superar a procrastinação é um processo gradual. Seja paciente consigo mesmo e continue trabalhando nas estratégias que funcionam melhor para você. A consistência e a prática são essenciais para melhorar sua capacidade de gerenciar o tempo e evitar a procrastinação.

Como deixar de procrastinar com terapia?

No início pode ser difícil sair desse vício, afinal é um processo trabalhoso, que exige disciplina e paciência, mas pense que faz parte passar por todas essas adversidades para conseguir superá-las genuinamente.

A terapia é uma jornada muito gratificante, pois a cada sessão você avança no caminho de compreender e resolver problemas emocionais que podem estar afetando sua vida. Superar a procrastinação, sentir-se mais leve e descobrir coisas novas sobre si mesmo são alguns dos resultados incríveis que podem surgir com uma terapia bem conduzida.

Vamos fazer sua primeira sessão? Você pode agendar ligando ou entrando em contato pelo WhatsApp, no número: (27) 99978-0990. Nossas consultas podem ser online ou presencialmente, como preferir.

Se identificou com o texto? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Use o espaço dos comentários para enviá-la e me siga no instagram, lá também tratamos de assuntos psicológicos de forma bem didática e criativa.

E se você acha que esse conteúdo pode ajudar outras pessoas, compartilhe nas suas redes sociais ou grupos de WhatsApp! 😉

Cuide bem de você! =)

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias

Como lidar com a frustração? 1

Como lidar com a frustração?

Experimentar frustrações faz parte da vida, mas você sabe lidar com elas?

Como saber se estou tendo uma Crise Existencial? 2

Como saber se estou tendo uma Crise Existencial?

Você se sente perdido, paralisado e que nada mais tem sentido? Isso pode ser um sinal da crise existencial.

Nomofobia: o medo excessivo de ficar sem celular 3

Nomofobia: o medo excessivo de ficar sem celular

A dependência no uso do excessivo celular pode desencadear diversos transtornos psicológicos

Perfeccionismo: entenda como tentar ser perfeito o tempo todo afeta sua mente 4

Perfeccionismo: entenda como tentar ser perfeito o tempo todo afeta sua mente

Este traço de personalidade pode ter um lado bom e um lado ruim, de qual você está?

Como lidar com a ansiedade no trabalho 5

Como lidar com a ansiedade no trabalho

Crises de ansiedade no trabalho prejudicam sua vida e carreira profissional, entenda como lidar com essa problemática

Você sofre com o Complexo de Inferioridade? 6

Você sofre com o Complexo de Inferioridade?

Aprenda a enxergar seus pontos negativos, reconhecer suas qualidades e aptidões

7 dicas práticas para controlar o estresse do dia a dia? 7

7 dicas práticas para controlar o estresse do dia a dia?

Aprenda como lidar com o estresse diário de maneira prática e inteligente

Como lidar quando sua família é tóxica? 8

Como lidar quando sua família é tóxica?

Não se sinta culpado por querer se afastar do que te faz mal

Agendar atendimento
1
Precisa de ajuda?
Olá, tudo bem? 👋

Às vezes precisamos de ajuda com alguns dos nossos problemas! Eu posso te ajudar!