Blog

Como saber se estou tendo uma Crise Existencial?

Você se sente perdido, paralisado e que nada mais tem sentido? Isso pode ser um sinal da crise existencial.

Você em algum momento da vida já estagnou e se questionou sobre sua própria existência? Se aquele é realmente o seu lugar no mundo? Se o que está vivendo hoje é suficiente para o futuro?

Essas são apenas algumas das perguntas feitas por um indivíduo que está passando pela crise existencial. Crises existenciais existem e qualquer pessoa está propensa a passar por ela.

O que de fato é crise existencial?

Crise existencial são todos os questionamentos sobre o sentido da vida que nos fazemos ao decorrer da nossa existência. E engana-se quem acredita que isso ocorre somente em pessoas adultas, a crise existencial não tem idade para acontecer. Ela pode vir em períodos de transição, da fase adolescente para adulta, por exemplo. Fase que gera muitos questionamentos na cabeça do jovem, dúvidas e ânsias questionáveis.

Pode acontecer em momentos cruciais da vida como na perda de emprego, quando um ente querido falece, no fim de um relacionamento e até mesmo no seu aniversário. Sabe quando vai chegando próximo à data do aniversário e você começa a pensar que está ficando velho, que ainda não realizou os sonhos que queria para aquela idade e então você se questiona o que fez de errado para aquilo ainda não ter se realizado?

Isso é crise existencial.

Passar por esse momento pode te ajudar a identificar o que é prioridade para você e o que vai fazer para alcançar seus objetivos, mas por mais que ela nos faça parar, refletir sobre a vida e recalcular rotas, a crise existencial também traz bastante solidão e desconforto. E se deixar levar constantemente por esses momentos pode desencadear diversos problemas psicológicos, como a depressão, ansiedade, baixa autoestima, transtorno de personalidade, entre outros.

Ocorre um sentimento constante de tristeza e insatisfação, mas muitas vezes a pessoa não consegue identificar qual é o problema e por qual motivo aquilo está acontecendo.

Essa leitura irá te ajudar a identificar uma crise social. Vamos te apresentar exemplos, sintomas e situações que podem ocasionar o problema, mas lembre-se, caso você leia e se identifique, busque por ajuda profissional, o texto não serve como autodiagnóstico, é apenas um conteúdo que irá te auxiliar a entender um pouco mais sobre este estado de humor.

Se você está passando por este momento, é com acompanhamento profissional que você irá entender melhor essa fase e aprender a lidar com ela.

Sinais de que você está em crise existencial

Já sabemos que essas crises tendem a surgir em momentos impactantes ou traumáticos, mas cada pessoa sente os sintomas de uma forma muito particular, por isso eles podem variar bastante. Às vezes os sinais de que você sente o outro indivíduo pode não sentir e vice-versa.

Saiba quais são esses sinais:

Ansiedade: ao vivenciar uma crise existencial sofremos com preocupações, angústias e medos. Ter o nível de ansiedade potencializado durante uma crise já é esperado. E junto com a ansiedade vem a fadiga, humor irritado, cansaço muscular, sono desregulado, inquietação, falta de concentração, tremores, suor excessivo e falta de ar.

Cansaço mental: mesmo sem ter realizado grandes tarefas durante o dia, quem está passando por uma crise sente um grande cansaço mental. Se antes da crise você conseguia realizar tranquilamente uma tarefa que já fazia parte do seu cotidiano e hoje efetuar essa mesma atividade te deixa exausto, isso é um sinal de que você está passando por uma crise existencial.

Necessidade de estar só: quando passamos por uma crise existencial é comum querer ficar sozinho, assim você consegue refletir melhor sobre a vida, pensar nos próximos passos. Porém, tenha cuidado, se isolar demais e por muito tempo não é saudável, se isso estiver acontecendo o recomendado é você procurar ajuda, pois a relações sociais são muito importantes para a saúde mental.

Falta de apetite e sono: durante essas crises ter dificuldades para comer e dormir é algo que acontece, mas mesmo sendo difícil se “obrigue” a se alimentar e dormir, essas são necessidades básicas para manter nosso corpo e mente saudáveis. Não deixe de cuidar de si, mesmo durante as crises.

Sentimento de incapacidade: a crise existencial tira sua perspectiva de vida, faz você se sentir inferior e incapaz, mas saiba que é apenas uma fase ruim e que vai passar. E como fazê-la passar? Cuidando de você, respeitando os seus limites e não se comparando com os outros. Você está passando por um momento ruim, faça o que está ao seu alcance e dentro das suas limitações. Aos poucos você vai conquistando pequenas vitórias.

Insatisfação e pessimismo: a insatisfação generalizada é um dos principais sintomas da crise existencial. Isso porque os conflitos internos giram em torno dos questionamentos que fazemos durante essa fase, com isso vem o desânimo e o desgosto pela vida. E diante desse fardo negativo é muito difícil ser uma pessoa otimista.

Além desses sintomas existem outros, mas somente um especialista poderá dizer com certeza se é crise existencial o que você tem passado.

Considerado um estado de humor complexo, muitas pessoas se perguntam de onde vem essas crises e quais são suas origens?

O que desencadeia uma crise existencial?

De maneira geral, já sabemos que as crises existenciais acontecem em decorrência de algum trauma sofrido ou algum outro evento que tenha um significado mais profundo para o indivíduo.

A pessoa enfrenta os desafios da situação de uma maneira mais intensa e passa a questionar fatores da vida que antes não eram indagados, com pessimismo e desgosto.

Vamos a um exemplo?

Digamos que você tenha perdido seu emprego. Você trabalhava na empresa há anos, já estava com carreira consolidada ali e de repente é demitido. Por não estar esperando por essa notícia, você começa a questionar: por que foi mandado embora? O que vai fazer agora para sustentar sua família? Você então vai se deixando levar pelo desespero que a situação está lhe causando, vai se questionando cada vez mais e acaba entrando numa crise existencial, às vezes sem até mesmo perceber.

E crises existenciais, se não forem cuidadas de imediato, além de outros problemas psicológicos, irão minar seus relacionamentos com familiares, amigos e quem convive com você.

Não se sabe ao certo o que exatamente desenvolve uma crise, o que sabemos é que ela atinge cada pessoa de uma forma diferente, pois cada um tem sua própria vivência.

O que fazer durante uma crise existencial?

É um momento delicado, a pessoa está passando por um sofrimento emocional profundo e colocando sua vida em questionamentos.

No entanto, existem algumas dicas que podem ajudar a passar por esse momento de uma forma menos sofrida.

A primeira coisa a se entender é que você não encontrará todas as respostas para as suas perguntas, então não busque por isso incansavelmente, isso só irá trazer desgaste e frustração.

Nesses momentos de crise, por mais que seja difícil, respire fundo algumas vezes e tente reorganizar seus pensamentos, para ter um controle maior sobre eles. Procure também identificar os pensamentos que mais te deixam ansioso, para numa próxima vez você estar preparado e já saber o que fazer.

Essa técnica de se concentrar na respiração é ótima para trazer calma, concentração e equilíbrio.

Atividades físicas também ajudam muito a liberar a tensão e ansiedade, com isso você se sentirá mais leve. Além de ajudar nas crises existenciais, as atividades físicas também ajudam em várias áreas da nossa vida.

Ter pessoas de confiança junto com você para enfrentar essa fase é essencial. Busque então estar perto da sua família e dos amigos, são pessoas que te amam, querem o seu bem e irão te apoiar nesses momentos mais difíceis. Com eles você poderá desabafar e compartilhar suas angústias sem receber julgamentos ou opiniões desnecessárias.

Como superar a crise existencial?

Como falamos no decorrer do texto, a crise existencial é uma fase que muitos de nós passamos ao longo da vida, são questionamentos que nem sempre teremos respostas, é algo natural, mas é preciso estar sempre em alerta se essas crises não estão acontecendo constantemente.

Se for este o caso, é necessário buscar ajuda e apoio psicológico para entender as razões dos sentimentos despertados durante essas crises. Somente a partir disso será possível dar o primeiro passo rumo a alguma solução para o problema.

Após ler o texto, você sente os sinais da crise existencial ou conhece alguém que sinta? Procure um especialista no assunto, você pode estar passando por um momento de crise e não está percebendo. Com o diagnóstico certo e um acompanhamento profissional suas perspectivas mudarão e você conseguirá ter uma melhor qualidade de vida.

Agende sua primeira sessão de terapia comigo! Vamos juntos buscar a melhor solução para o seu caso.
Você pode agendar sua sessão ligando ou entrando em contato pelo WhatsApp, no número: (27) 99978-0990. Nossas consultas podem ser online ou presencialmente, como você preferir.

Se identificou com o texto? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Use o espaço dos comentários para enviá-la e me siga no instagram, lá também tratamos de assuntos psicológicos de forma bem didática e criativa.

E se você acha que esse conteúdo pode ajudar outras pessoas, compartilhe nas suas redes sociais ou grupos de WhatsApp! 😉

Cuide bem de você! =)

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias

Como lidar com a raiva? 1

Como lidar com a raiva?

A raiva é uma emoção comum sentida por qualquer pessoa, mas quando se manifesta com mais intensidade e frequência é preciso buscar ajuda profissional

O que é Transtorno de somatização? 2

O que é Transtorno de somatização?

Nosso estado emocional e psíquico pode gerar sintomas físicos ou doenças, mas nem tudo é o que parece. Entenda o que é a Somatização.

Como vencer a falta de motivação? 3

Como vencer a falta de motivação?

O que é a falta de motivação e como acabar com ela.

Os desafios do autoperdão 4

Os desafios do autoperdão

O caminho para o autoperdão é longo e requer paciência. Entenda como lidar com a culpa e como perdoar a si mesmo de uma forma mais saudável

Por que fazer terapia é fundamental para uma vida mais equilibrada? 5

Por que fazer terapia é fundamental para uma vida mais equilibrada?

A terapia é importante para o fortalecimento mental e o desenvolvimento de uma vida mais harmoniosa

O impacto das más notícias na saúde mental 6

O impacto das más notícias na saúde mental

A busca constante por notícias negativas nos meios de comunicação é um vício mais comum do que se imagina.

Traumas da infância podem influenciar na vida adulta 7

Traumas da infância podem influenciar na vida adulta

Entenda como traumas vividos na infância podem afetar uma pessoa na fase adulta

Como lidar com a frustração? 8

Como lidar com a frustração?

Experimentar frustrações faz parte da vida, mas você sabe lidar com elas?

Agendar atendimento
1
Precisa de ajuda?
Olá, tudo bem? 👋

Às vezes precisamos de ajuda com alguns dos nossos problemas! Eu posso te ajudar!