Blog

4 motivos para você começar a fazer terapia com um psicólogo

Pouco a pouco, a terapia vai deixando de ser um tabu para se tornar uma ajuda adicional na construção de um viver mais pleno, com mais qualidade.

Há anos que se consultar com um psicólogo já deixou de ser motivo para desconforto. Com o grande acesso à informação que temos, e com cada vez mais gente procurando tratamento, fazer terapia está se tornando algo comum, afinal, saúde mental e saúde física se complementam. Tudo é questão de saúde.

Ainda assim, há muito desconhecimento sobre o que é de fato um transtorno mental, sobre o momento de procurar ajuda e sobre os benefícios que a terapia pode trazer, e de certa forma, todas essas questões estão relacionadas.

Para ajudar você a entender mais a fundo tudo isso, enumeramos alguns motivos pelos quais você deveria procurar um psicólogo e começar a fazer terapia.

1 – Mesmo que você não tenha qualquer dificuldade psicológica, a terapia ajuda você a enfrentar com mais tranquilidade momentos difíceis da vida

É importante deixar claro que terapia não é só para quem está com problemas psicológicos ou emocionais.

As técnicas e procedimentos da psicologia obviamente são positivos (e recomendados) nesses casos, mas são também muito eficientes para ajudar pessoas a lidarem mais tranquilamente com sua saúde mental em momentos específicos da vida, onde nos encontramos mais fragilizados do que o normal.

É possível ter excelentes resultados da terapia psicológica em momentos como:

  • Episódios de luto pela morte de alguém querido
  • Períodos de insegurança por mudança ou perda de emprego
  • Fim de relacionamentos
  • Crises financeiras
  • Grandes mudanças na vida

Começar a fazer terapia nessas situações pode ajudar você a passar por elas com menos sofrimento, e também pode acelerar a recuperação, mesmo que você não tenha nenhuma dificuldade psicológica prévia.

2 – Grandes problemas psicológicos podem começar bem pequenos

Muitas vezes os problemas psicológicos são uma construção, levam tempo para se desenvolver e quando estão nos primeiros estágios tendem a passar despercebidos.

É o caso de alguns quadros de ansiedade, que podem começar com uma pequena preocupação geral, se desenvolver para uma apreensão constante e desembocar em síndrome do pânico, causando danos à rotina da pessoa, à sua sociabilidade, ao seu sono (o que por si só provoca outros diversos efeitos psicológicos e físicos) e à capacidade de viver uma vida normal e satisfatória.

Escaladas como esses podem ser interrompidas em qualquer estágio com terapia e acompanhamento. No entanto, começar o trabalho com o psicólogo bem no início desse processo pode reduzir muito o tempo que você passaria em sofrimento.

Por vários motivos, perceber esses sintomas na fase inicial é um desafio para muita gente, principalmente para quem nunca se consultou com um psicólogo. E para falar mais sobre isso, vamos à dica 3.

3 – Você pode descobrir e trabalhar em problemas que ainda não conhece, mas que já afetam a sua vida.

Muitas vezes a pessoa pode não ter nenhum dos sintomas clássicos de um transtorno psicológico, mas pode ter uma sensação vaga de que “algo não está certo”, ou de que alguma coisa nas suas emoções está piorando.

Pode ser uma impressão de nó na garganta que vai e volta de vez em quando. Pode ser que em determinadas situações, sem qualquer motivo aparente você não consiga se concentrar em nada. Ou sua paciência pode parecer estar ficando cada vez mais curta.

Essas sensações podem sim surgir em períodos e desaparecer sem deixar rastros. Mas é sempre muito positivo investigá-las, porque as conhecendo, você acaba conhecendo melhor você mesmo. E o autoconhecimento é fundamental para que um indivíduo sinta realização em sua vida.

A recomendação é procurar um psicólogo se você perceber que tem sentido uma ansiedade a mais, se você tem experimentado uma tristeza e/ou solidão por tempo prolongado, se tem tido uma sensação genérica de que algo está errado, ou se tiver tido qualquer tipo de prejuízo em sua vida causado por emoções. Quanto antes você o fizer, menos tempo passará em sofrimento.

4 – A terapia psicológica é desenvolvida sob o método científico e tem eficiência comprovada

A psicologia como campo de conhecimento passou e continua a passar por um longo e rigoroso trajeto de estudos, testes e validação das suas propostas, exatamente da mesma maneira que a química, a biologia ou a medicina.

Esse percurso torna o atendimento eficiente e seguro. E o mais importante: mais ou menos como em um tratamento médico, para obter seus benefícios você não precisa acreditar em nada, só precisa fazer os procedimentos e seguir as recomendações do especialista.

Se depois de ler este artigo você está sentindo que seria uma boa ideia ter ajuda para lidar com sua mente e suas emoções, a psicóloga Karla Cardozo pode atender você nas modalidades presencial e online, com autorização do Conselho Regional de Psicologia.

Karla Cardozo tem foco no atendimento a pacientes com depressão, ansiedade, síndrome do pânico, transtorno obsessivo-compulsivo e distúrbios alimentares, mas também oferece apoio em autoconhecimento e orientação profissional. Clique aqui para saber mais.

Agende seu atendimento presencial ou online diretamente no número (27) 99978-0990 ou através do WhatsApp. Aguardo seu contato.

Cuide bem de você! =D

Isso foi útil?
+1
0
+1
0
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias

A meditação e seus benefícios 1

A meditação e seus benefícios

Sabia que além de acompanhamento psicológico, remédios e atividade física, a meditação também pode ajudar no tratamento da ansiedade.

Transtornos mentais causados pelo trabalho 2

Transtornos mentais causados pelo trabalho

Já ouviu a famosa frase: o trabalho dignifica o homem? Mas o que fazer quando ele se torna uma fonte de desenvolvimento e agravamento de doenças psicológicas?

Transtorno de Estresse Pós-Traumático – As dores do passado também têm solução 3

Transtorno de Estresse Pós-Traumático – As dores do passado também têm solução

Todo mundo conhece alguém que já passou por um evento traumático que gostaria de esquecer. Mas quando essas memórias negativas começam a atrapalhar sua vida no presente por muito tempo, é hora de investigar se você não desenvolveu estresse pós-traumático.

Os efeitos psicológicos da Cirurgia Ortognática 4

Os efeitos psicológicos da Cirurgia Ortognática

Você sabe a importância do acompanhamento psicológico na cirugia ortognática?

Teste: será que você tem hipocondria? 5

Teste: será que você tem hipocondria?

Quando você ouve falar de uma doença já fica preocupado, acreditando que pode estar sofrendo dela? Quando sente uma dor, faz várias buscas na internet, já imaginando ter a pior doença sugerida? Será que é hora de buscar ajuda.

Você conhece as principais abordagens da psicologia? 6

Você conhece as principais abordagens da psicologia?

Existe uma grande quantidade de abordagens disponíveis dentro da psicologia para cuidar da nossa saúde mental, descubra qual pode ser mais adequada pra você!

Apoio psicológico no pré-natal para gestantes e familiares 7

Apoio psicológico no pré-natal para gestantes e familiares

A gravidez é um período de muita felicidade, mas também vulnerabilidade física e emocional e ter um apoio psicológico é fundamental para aliviar o turbilhão de emoções vivenciado pela família.

As causas psicológicas da insônia 8

As causas psicológicas da insônia

Dormir tem sido um desafio na sua vida? Saiba as causas psicológicas da insônia e como um psicólogo pode ajudar você a se libertar desse problema.

Vamos conversar?
1
Precisa de ajuda?
Olá, tudo bem? 👋
Às vezes precisamos de uma mãozinha com alguns problemas. Um psicologo pode te ajudar em vários desses problemas. Agende seu primeiro atendimento!