Blog

Turbine sua inteligência emocional e seja mais feliz

Muitas pessoas tem dificuldade em reconhecer as suas próprias emoções, mas turbinando sua inteligência emocional, poderão ter uma maior qualidade de vida.
inteligencia emocional silhueta mulher paz interior

Às vezes você sente que não fez o que queria fazer, mas o que suas emoções te obrigaram? Você se vê frequentemente indo parar em situações que não queria estar porque agiu de forma impulsiva? Provavelmente você precisa desenvolver sua inteligência emocional.

Sim, essa é uma palavrinha que está na moda. Vemos inteligência emocional no linguajar de psicólogos, recrutadores, gestores de recursos humanos, lideranças corporativas, filósofos e outros analistas do comportamento humano, geralmente relacionada ao autocontrole e à interação com outras pessoas. Então você já deve ter ouvido muito esse termo, mas sabe de verdade o que ele significa?

O que é a inteligência emocional?

O psicólogo americano Daniel Goleman define bem o que é Inteligência Emocional: “Um indivíduo emocionalmente inteligente é aquele que consegue identificar as suas emoções com mais facilidade”.

Ou seja, com inteligência emocional uma pessoa é capaz de perceber os seus movimentos e padrões emocionais (e os de outras pessoas), e com isso ela será capaz de agir de forma consciente para usar essas emoções positivamente, ou contorná-las quando necessário.

Para explicar melhor, vamos usar como exemplo uma pessoa hipotética que costuma ser meio explosiva.

Essa pessoa talvez esteja tendo uma semana ruim e acaba entrando em um desentendimento com o cônjuge sobre um assunto cotidiano. Tendo inteligência emocional desenvolvida, a pessoa explosiva poderá perceber quando está se aproximando o seu limite, e assim, antes de chegar nesse limite ela vai poder tomar uma providência para interromper o fluxo que leva à explosão para não agir impulsivamente ou falar demais.

Em outras palavras, inteligência emocional (também conhecida como IE) não é uma característica que só nasce com a pessoa, e não é necessariamente parte da sua personalidade. Não é exatamente sobre controle das emoções, mas sobre conhecê-las e saber agir quanto a elas. É uma habilidade como outra qualquer, que pode inclusive ser desenvolvida com treino.

Além de proporcionar uma experiência mais saudável com nossas próprias emoções, a IE nos ajuda também a compreender melhor as emoções dos outros, possibilitando construir relações mais saudáveis. Vamos saber abaixo por quê.

Em que se baseia a Inteligência Emocional

A Inteligência Emocional é a princípio um conceito simples. Mas olhando de perto ela tem vários fatores que a compõem, inclusive fatores sociais. Segundo o psicólogo Daniel Goleman, uma boa inteligência emocional tem base em 5 pilares:

Autoconhecimento emocional

O caso da pessoa explosiva que ilustramos há pouco tem características de autoconhecimento emocional em bom nível. Essa é a característica que permite a alguém saber ouvir e conhecer os próprios sinais.

Controle emocional

Talvez a parte mais conhecida da IE seja esta, que permite a um indivíduo saber lidar com sentimentos.

Automotivação

Capacidade extremamente útil de redirecionar propositalmente um sentimento para alguma finalidade, a fim de obter algum ganho pessoal.

Empatia

Todos esses pilares têm grandes impactos na sociabilidade de uma pessoa, mas talvez este seja o mais importante para esta dimensão da vida humana. A empatia, fundamental para estabelecer conexões entre indivíduos, é percebida em uma pessoa quando há compreensão e respeito às emoções de outras.

Quando falta inteligência emocional

Muito se falou sobre a presença da inteligência emocional. E quando ela está em falta?

Quando a inteligência emocional de uma pessoa é pouca, ela terá dificuldades em controlar suas compulsões. Poderá não perceber quando e porque está ficando ansiosa, com medo ou com raiva.

Por não conhecer suas próprias emoções ela não terá recursos para lidar com elas, e em situações de ansiedade ou estresse ela poderá explodir muito mais facilmente, ficar paralisada ou ter algum outro tipo de comportamento indesejado, o que tende a gerar diversas consequências negativas para a sua vida.

Conforme dissemos, a inteligência emocional é um fator de extrema importância para a sociabilidade. Então um baixo nível dessa qualidade será fonte de experiências desagradáveis não só para o indivíduo, mas também para as outras pessoas que fazem parte do seu convívio em família, no trabalho e no dia a dia como um todo.

Como desenvolver inteligência emocional

Como muitas outras capacidades, a inteligência emocional também pode ser aprendida e desenvolvida com um trabalho consistente e força de vontade. Inclusive, aprender a reconhecer suas emoções é um dos fatores primordiais para um tratamento eficiente de transtornos psicológicos como depressão ou ansiedade.

Para muitos, fazer isso sozinho pode ser um grande desafio, daí a importância de estar em contato com um psicólogo, que atuará como um guia no processo de compreensão das emoções, focando no autoconhecimento e na maneira como a pessoa lida com o que sente.

Mas em geral, quem deseja desenvolver inteligência emocional precisa começar refletindo profundamente sobre como expressa as suas emoções. Precisa olhar ao seu redor e tentar compreender como as pessoas à volta se sentem com relação às suas atitudes. E principalmente, precisa tentar compreender o que está por trás das suas ações.

Uma pausa em um dia tranquilo para uma boa reflexão sobre o que você sente já é um excelente movimento para começar a ser mais feliz.

Acha que pode ser uma boa ter ajuda para desenvolver sua inteligência emocional? Alguma dúvida sobre o assunto? Use os espaço dos comentários para enviar suas dúvidas. As consultas são agendadas e podem ser realizadas de forma presencial ou online. Entre em contato pelo número (27) 99978-0990 ou pelo WhatsApp.

Cuide bem de você! =D

Isso foi útil?
+1
0
+1
0
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias

A meditação e seus benefícios 1

A meditação e seus benefícios

Sabia que além de acompanhamento psicológico, remédios e atividade física, a meditação também pode ajudar no tratamento da ansiedade.

Transtornos mentais causados pelo trabalho 2

Transtornos mentais causados pelo trabalho

Já ouviu a famosa frase: o trabalho dignifica o homem? Mas o que fazer quando ele se torna uma fonte de desenvolvimento e agravamento de doenças psicológicas?

Transtorno de Estresse Pós-Traumático – As dores do passado também têm solução 3

Transtorno de Estresse Pós-Traumático – As dores do passado também têm solução

Todo mundo conhece alguém que já passou por um evento traumático que gostaria de esquecer. Mas quando essas memórias negativas começam a atrapalhar sua vida no presente por muito tempo, é hora de investigar se você não desenvolveu estresse pós-traumático.

Os efeitos psicológicos da Cirurgia Ortognática 4

Os efeitos psicológicos da Cirurgia Ortognática

Você sabe a importância do acompanhamento psicológico na cirugia ortognática?

Teste: será que você tem hipocondria? 5

Teste: será que você tem hipocondria?

Quando você ouve falar de uma doença já fica preocupado, acreditando que pode estar sofrendo dela? Quando sente uma dor, faz várias buscas na internet, já imaginando ter a pior doença sugerida? Será que é hora de buscar ajuda.

Você conhece as principais abordagens da psicologia? 6

Você conhece as principais abordagens da psicologia?

Existe uma grande quantidade de abordagens disponíveis dentro da psicologia para cuidar da nossa saúde mental, descubra qual pode ser mais adequada pra você!

Apoio psicológico no pré-natal para gestantes e familiares 7

Apoio psicológico no pré-natal para gestantes e familiares

A gravidez é um período de muita felicidade, mas também vulnerabilidade física e emocional e ter um apoio psicológico é fundamental para aliviar o turbilhão de emoções vivenciado pela família.

As causas psicológicas da insônia 8

As causas psicológicas da insônia

Dormir tem sido um desafio na sua vida? Saiba as causas psicológicas da insônia e como um psicólogo pode ajudar você a se libertar desse problema.

Vamos conversar?
1
Precisa de ajuda?
Olá, tudo bem? 👋
Às vezes precisamos de uma mãozinha com alguns problemas. Um psicologo pode te ajudar em vários desses problemas. Agende seu primeiro atendimento!