Blog

Psicólogo ou Psiquiatra, qual devo procurar?

É muito comum as pessoas confundirem o trabalho do psicólogo e do psiquiatra, porém são diferentes apesar de tratam de problemas psicológicos.

Sendo duas especialidades diferentes, o que você buscará nas sessões com um e com outro profissional? Para entender isso, vamos antes conhecer melhor os dois campos de conhecimento, seus objetivos e como se dá a suas formações.

O que é a Psicologia?

A psicologia é um campo do conhecimento científico que se dedica ao estudo da mente e do comportamento humano, segundo definição da American Psychological Association, uma das mais antigas organizações de psicologia no mundo. Tem como foco o tratamento de transtornos psicológicos por meio de sessões que combinam entrevistas e aplicação de técnicas e terapias variadas.

No Brasil, a Psicologia é enquadrada como Ciência Humana pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), porque analisa indivíduo levando em conta suas dimensões culturais, sociológicas e históricas, cruzando conhecimentos com outros campos das Humanas como Antropologia, Sociologia, Linguística, Pedagogia e Filosofia.

Como um profissional analista da mente e do comportamento humano, o psicólogo atua não apenas na frente clínica – tratando transtornos psicológicos de pacientes – mas também em na psicologia jurídica, em departamentos de Recursos Humanos de empresas, no treinamento de pessoas, em avaliações psicotécnicas e muitos outros campos.

O que é a Psiquiatria?

A psiquiatria é uma especialidade da Medicina, voltada ao tratamento de doenças mentais utilizando medicamentos e terapias. Sendo um ramo da medicina, a psiquiatria também faz uso de exames clínicos (como exames de sangue e de imagem) na avaliação inicial e no acompanhamento do paciente, o que ocorre principalmente se ele estiver tomando medicações.

A psiquiatria se enquadra no campo das Ciências da Saúde (ou Ciências Médicas), e por isso sua formação está baseada em aspectos físicos e químicos do corpo humano.

Como médico, o psiquiatra atua principalmente em clínicas e hospitais, podendo também ser visto na Medicina Legal, fornecendo apoio à Justiça e às polícias.

Qual é a diferença entre os procedimentos do psicólogo e do psiquiatria?

Não há um consenso perfeito quando a isso, mas em termos gerais, o psicólogo está mais focado em apoiar o paciente na compreensão dos seus padrões de comportamento, suas crenças, emoções e motivações para partindo daí iniciar o trabalho de superação dos seus problemas, enquanto o psiquiatra está mais voltado a ajudar o paciente na parte física da sua dificuldade mental, por exemplo, diagnosticando clinicamente a doença, indicando medicação para facilitar seu tratamento, e acompanhando a evolução do quadro.

Há uma especialidade mais indicada para meu caso?

Como eu disse, o ideal seria fazer tratamento com os dois profissionais. Isso porque dependendo da gravidade do quadro pode ser necessário usar medicação por um tempo para manter sob controle os sintomas do transtorno, trazendo um alívio mais rápido. Ao mesmo tempo, o paciente pode fazer sessões de psicoterapia com um psicólogo para aproveitar o momento de alívio e construir sua recuperação a partir de uma “geral” nos seus sentimentos, crenças e ideias.

Não sendo possível manter consultas periódicas com os dois profissionais ao mesmo tempo, outra ideia seria iniciar fazendo uma consulta com o psiquiatra, verificar a gravidade do quadro e se há a necessidade de usar medicação (e tendo necessidade, definir o medicamento e a dosagem), para daí começar as sessões semanais com um psicólogo.

Fazer o contrário – começando o processo com um psicólogo e buscar um psiquiatra depois para verificar a necessidade de medicação – também pode ser muito útil para acelerar sua recuperação.

A ordem na verdade não importante tanto. O imprescindível mesmo é não adiar o tratamento para não prolongar seu sofrimento, e assim buscar apoio em todas as frentes possíveis: isso inclui além do psicólogo e do psiquiatra, também sua família, companheiro e amigos próximos.

Não sabe por onde começar?

Pode ser que as coisas estejam “bagunçadas” demais na sua cabeça para você fazer essa avaliação de como começar e enfim decidir. Nesse caso, você pode contar comigo para ajudar.

Eu sou psicóloga e posso iniciar o seu tratamento para que você comece a “desemaranhar” essa confusão toda, entendendo as origens das suas dificuldades, e no decorrer das nossas sessões também posso indicar você para um psiquiatra se for o caso.

Se identificou com o texto acima? Alguma dúvida sobre o assunto? Use os espaço dos comentários para enviar suas dúvidas. As consultas são agendadas e podem ser realizadas de forma presencial ou online. Entre em contato pelo número (27) 99978-0990 ou pelo WhatsApp.

Cuide bem de você! =D

Isso foi útil?
+1
0
+1
0
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais notícias

A meditação e seus benefícios 1

A meditação e seus benefícios

Sabia que além de acompanhamento psicológico, remédios e atividade física, a meditação também pode ajudar no tratamento da ansiedade.

Transtornos mentais causados pelo trabalho 2

Transtornos mentais causados pelo trabalho

Já ouviu a famosa frase: o trabalho dignifica o homem? Mas o que fazer quando ele se torna uma fonte de desenvolvimento e agravamento de doenças psicológicas?

Transtorno de Estresse Pós-Traumático – As dores do passado também têm solução 3

Transtorno de Estresse Pós-Traumático – As dores do passado também têm solução

Todo mundo conhece alguém que já passou por um evento traumático que gostaria de esquecer. Mas quando essas memórias negativas começam a atrapalhar sua vida no presente por muito tempo, é hora de investigar se você não desenvolveu estresse pós-traumático.

Os efeitos psicológicos da Cirurgia Ortognática 4

Os efeitos psicológicos da Cirurgia Ortognática

Você sabe a importância do acompanhamento psicológico na cirugia ortognática?

Teste: será que você tem hipocondria? 5

Teste: será que você tem hipocondria?

Quando você ouve falar de uma doença já fica preocupado, acreditando que pode estar sofrendo dela? Quando sente uma dor, faz várias buscas na internet, já imaginando ter a pior doença sugerida? Será que é hora de buscar ajuda.

Você conhece as principais abordagens da psicologia? 6

Você conhece as principais abordagens da psicologia?

Existe uma grande quantidade de abordagens disponíveis dentro da psicologia para cuidar da nossa saúde mental, descubra qual pode ser mais adequada pra você!

Apoio psicológico no pré-natal para gestantes e familiares 7

Apoio psicológico no pré-natal para gestantes e familiares

A gravidez é um período de muita felicidade, mas também vulnerabilidade física e emocional e ter um apoio psicológico é fundamental para aliviar o turbilhão de emoções vivenciado pela família.

As causas psicológicas da insônia 8

As causas psicológicas da insônia

Dormir tem sido um desafio na sua vida? Saiba as causas psicológicas da insônia e como um psicólogo pode ajudar você a se libertar desse problema.

Vamos conversar?
1
Precisa de ajuda?
Olá, tudo bem? 👋
Às vezes precisamos de uma mãozinha com alguns problemas. Um psicologo pode te ajudar em vários desses problemas. Agende seu primeiro atendimento!